‘Conversa com Bial’: Caetano Veloso, Gilberto Gil e Tom Zé sobem ao palco e celebram 50 anos de Tropicália

5

Na última sexta-feira (14), o maior trio musical baiano de todos os tempos, formado por Caetano Veloso, Gilberto Gil e Tom Zé participaram como convidados mais que especiais, do programa transmitido pela Rede Globo, ‘Conversa com Bial’.

O episódio foi muito esperado pelos telespectadores, ainda mais porque foi divulgado os bastidores do programa através das redes sociais e tal novidade gerou ansiedade dos internautas. Afinal, os três artistas marcaram época com o disco-manifesto ‘Tropicalia Ou Panis Et Circencis’ e revolucionaram o cenário musical brasileiro.

O bate-papo girou em torno da liberdade de expressão e a visão de cada um dos músicos sobre o mundo.

Confira alguns trechos do programa comandado pelo jornalista Pedro Bial:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Conversa com Bial (@conversacombial) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Conversa com Bial (@conversacombial) em

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Conversa com Bial (@conversacombial) em

Foi no ano de 1968 que o famoso disco chamado de ‘Tropicália ou Panis et Circencis’ repercutiu e impactou a cultura brasileira, com isso, elevou o modo de refletir a música no próprio Brasil. Para homenagear este marco tão importante, o programa focou também neste projeto que completa 50 anos de existência e de como reuniu mais artistas, como Gal Costa e Os Mutantes.
Bial trouxe para a conversa oportunidades de relembrar histórias emocionantes, a origem do próprio disco e principalmente a essência do movimento político e cultural promovido pelo Tropicália.
Caetano, Tom Zé e Gil trouxeram à tona seus sucessos eternizados na memória dos brasileiros, como ‘Alegria, Alegria’, ‘Tropicália’ e ‘Parque Industrial’. Aproveite o momento e reveja momentos nostálgicos:

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Caetano é Foda! (@caetanoefoda) em