#Fake: Bolsonaro não pretende construir um muro para separar sede do PT, após elogio de Trump

“Após ser chamado de Trump da América do Sul pelo presidente americano, Bolsonaro já pretende construir um muro, separando a sede do PT do restante do Brasil”

A publicação contém verdade e mentira!

O que é #Fato: 

O líder da potência mundial norte-americana, Donald Trump, realizou um discurso na segunda-feira (14) e realmente falou sobre a comparação entre ele e o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

“Eles vão ter um novo grande líder, dizem que é o Donald Trump da América do Sul. Vocês acreditam?”, perguntou Trump, em tom de brincadeira. Em seguida, complementou: “E ele [Bolsonaro] está feliz [com a comparação]. Se não estivesse, eu não gostaria do país, mas eu gosto”.

O discurso ocorreu em um evento em Nova Orleans com agropecuaristas e fazendeiros dos Estados Unidos, o foco foi o aumento nas exportações norte-americanas. De acordo com Trump, a carne produzida no país tem sido vendida também ao Brasil e pela primeira vez desde 2003.

A breve declaração resultou em aplausos da plateia, porém a situação dividiu internautas brasileiros, enquanto uns adoraram a comparação e acharam uma grande oportunidade de crescimento para o país, outros consideraram uma bobagem e a prova que o atual presidente não seja tão nacionalista assim.

Confira o trecho que viralizou pela comparação entre os dois presidentes:

Donald Trump também comentou que Bolsonaro prometeu uma aliança próxima com Washington depois de mais de uma década de governo com política de esquerda no Brasil, e por isso o novo presidente seria “um grande novo líder”.

O primeiro encontro entre os dois deveria acontecer na próxima semana em Davos, na Suíça, entretanto, Trump cancelou sua viagem por conta de um impasse em torno da paralisação de seu governo pela sua disputa com democratas em torno do muro que divide a fronteira com o México.

O líder norte-americano não veio à posse de Bolsonaro e parabenizou-o através de uma publicação no Twitter. A previsão é que Jair Bolsonaro visite os EUA ainda em 2019, já que foi convidado pelo assessor de Trump, John Bolton, no fim de 2018.

O que é #Fake: 

A outra parte da publicação afirma que Bolsonaro pretende construir um muro que separe a sede do PT do restante do país. Porém, até a manhã desta terça-feira (15), não houve nenhum comentário ou pronunciamento do presidente eleito, nem a comparação com Trump e muito menos sobre a construção do suposto muro.

A última publicação no Instagram e Twitter de Bolsonaro foi sobre investimentos em rodovias e a tarifa final do pedágio. Veja na íntegra a postagem feita nesta manhã de terça-feira (15):

“Economia, empregabilidade, infraestrutura, desenvolvimento… NÚMEROS:

A assinatura da concessão da Rodovia de Integração do Sul – RIS (BR-101, BR-290, BR-386 e BR-448) representa o primeiro (de muitos) contrato de transferência de um ativo para a iniciativa privada formalizado no Governo Jair Bolsonaro.

São 473km de rodovias no estado do Rio Grande Sul que receberão investimentos privados de R$ 7,8 bilhões, sendo 225km de duplicação da BR-386 (Rodovia da Produção), além de serviços de manutenção, melhorias operacionais e socorro médico e mecânico. Garantia de mais segurança, melhores condições de trafegabilidade, qualidade no serviço prestado ao usuário e gerando cerca 4.000 empregos diretos.

O preço final da tarifa será de R$4,30, o que representa um deságio de 40% sobre a tarifa-teto estimada no edital (R$7,24). Para se ter uma ideia, somente a concessão da BR-290 (conhecida como Freeway) chegou a ter uma tarifa de R$13,80 em meados de 2017.”

Não há também nenhuma fala em uma coletiva de imprensa ou entrevista específica em que Bolsonaro comente a intenção de construir um muro, principalmente após o discurso de Trump.

Em 2016, enquanto deputado, Bolsonaro comentou sobre o muro erguido em Brasília para separar manifestantes contra e a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e defendeu o ato, sendo necessário porque o PT dividiu o país fisicamente.

A entrevista em questão foi para a editora da Revista Época, Flávia Tavares, no dia 12 de abril de 2016. “O PT sempre pregou a luta de classes, homo contra hétero, pai contra filho, norte contra sul, rico contra pobre e agora chegamos à divisão física. Um muro como o muro de Berlim, o muro de Hitler”, defendeu Jair Bolsonaro.

Esta foi a única vez em que o presidente eleito comentou publicamente sobre algum tipo de muro em relação ao PT, porém, não foi ele quem construiu a falsa ideia e também não foi após nenhum discurso de Trump, por isso a afirmação é #Fake!