#Fake: Jair Bolsonaro não foi vetado de usar o Twitter pelo filho

Uma discussão muito peculiar tomou conta das redes sociais nesta semana, já que na noite de quarta-feira (24), o jornalista Guilherme Amado, da Revista Época, deu uma notícia afirmando que Jair Bolsonaro e Carlos Bolsonaro se desentenderam no domingo (07). Isso aconteceu depois do filho postar na conta de YouTube do presidente um vídeo de Olavo de Carvalho que ataca o vice-presidente, Hamilton Mourão.

Como forma de retaliação, Carlos teria vetado o acesso do pai ao Twitter e esta seria a explicação mais próxima de porque ele ficou três dias sem postar nada nas redes sociais. Menos de uma hora em que publicação foi ao ar, o presidente se manifestou e alegou que a nota de Guilherme Amado é #Fake.

Através do próprio Twitter, o presidente desmentiu a notícia e deu a sua opinião sobre o assunto:

Antes disso, houve uma postagem curiosa que chamou a atenção dos internautas, por ter sido um tuíte com assinatura, o que levantou as suspeitas de que Jair Bolsonaro estaria restrito. Veja:

A matéria elaborada pelo jornalista, publicada no site da Época, revela que “Carlos Bolsonaro não está mais passando para o pai, Jair Bolsonaro, a senha de acesso do presidente ao Twitter dele, Bolsonaro. É por isso que, há três dias, Bolsonaro não consegue postar nada. O último tuíte que Jair Bolsonaro publicou foi no domingo, sobre a Páscoa.”

De acordo com Guilherme Amado, Carlos compareceu à Câmara de Vereadores do Rio na quarta-feira (24) para trabalhar e continua se recusando a responder à imprensa sobre suas discussões com outras figuras importantes do governo.

Veja as duas atualizações que o jornalista fez:

(Atualização 20h42 de 24 de abril de 2019: Às 20h33 de hoje, portanto 54 minutos após a publicação desta reportagem, o perfil de Jair Bolsonaro no Twitter postou uma mensagem de parabéns pelos 20 anos do congresso Resgate da Nação, e agradeceu ao apóstolo Renê Terra Nova. Conforme a coluna havia informado, esta foi a primeira postagem do perfil desde o dia 21 de abril, data da briga de Carlos com o pai.)

(Atualização às 21h48 de 24 de abril de 2019: O Palácio do Planalto afirmou há pouco que o café da manhã de Jair Bolsonaro com jornalistas nesta quinta-feira, está confirmado. O trecho da reportagem que mencionava o cancelamento foi apagado, para manter a clareza da informação.)

As informações adicionais também foram mencionas por Guilherme em seu Twitter e defende que “exatos 54 minutos após contarmos na coluna que Carlos Bolsonaro havia vetado o acesso do pai ao Twitter do presidente, o perfil de Jair voltou a postar.” Além disso, ele avisou para seus seguidores que caso conseguisse novas informações, informaria imediatamente. Confira: