Ministério da Saúde nega declaração de Pazuello sobre atestados de óbitos

47

Nesta semana, começou a circular pelas redes sociais que o ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, teria feito uma declaração afirmando que “atestado de óbito não poderão mais notificar ‘suspeita de Covid-19′”.

Segundo a mensagem viral, Pazuello disse que terão que fazer a contra-prova e constar somente com o devido resultado, ou seja, se é positivo ou negativo o teste. “A farra vai acabar”, concluiu.

O Ministério da Saúde negou a informação e explicou que a publicação trata-se de Fake News. O ministro interino da Saúde, Eduardo Pazuello, não manifestou essa declaração e também não possui contas em redes sociais.

O perfil com a postagem é falso, ademais, a pasta solicitou à plataforma a exclusão desse e vários outros perfis falsos em nome do ministro.

Já em relação a notificação de óbitos, o Ministério garante que são incluídos nos números oficiais os casos em que o resultado do teste foi positivo. Enquanto os casos de pacientes que vieram a óbito e o resultado do teste ainda não foi concluído, constam como óbitos em investigação nos dados divulgados pela pasta.

Veja mais informações na galeria acima.

Conteúdo de fact-checking do Pipeify.