É falsa a imagem de Joesley Batista ao lado de Lula, Cabral, Pezão e Eduardo Paes

294

Circula nas redes sociais uma foto que mostra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao lado do empresário Joesley Batista, da JBS. Além de Lula e Joesley, os ex-governadores do Rio, Sérgio Cabral e Luiz Fernando Pezão, e o ex-prefeito do Rio, Eduardo Paes (DEM), também aparecem na imagem. Segundo a legenda, eles teriam ido juntos a um jantar e depois afirmado em depoimento que não conheciam o empresário.

“Pezão – Joesley Batista (JBS) – LULA – Sérgio Cabral – Eduardo Paes … Na Lava Jato eles falam que não conhecem uns aos outros / este dia foi jantar numa Churrascaria… #AcordaBrasil” – Legenda da foto que circula no Facebook. (Fonte: Reprodução)

Essa informação é falsa. A imagem original foi editada para incluir o rosto de Joesley onde, na verdade, aparece o deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ). A montagem foi originalmente publicada no Facebook em 2017 e, apesar de ser antiga, voltou a circular nas redes sociais, chegando a ser compartilhada mais de 11 mil vezes na última semana.

No mesmo ano em que a montagem surgiu, Joesley disse afirmou em um depoimento à Procuradoria-Geral da República (PGR) que tinha contas-correntes de propina no exterior, com R$ 300 milhões, cujos beneficiários seriam os ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff (PT). Na época, tanto Lula quanto Dilma rebateram as acusações. A delação do empresário da JBS também envolveu o ex-presidente Michel Temer (MDB), que foi acusado pela PGR de corrupção passiva.

Segundo a Folha de São Paulo, a imagem original foi feita em fevereiro de 2015, quando o PT e o MDB ainda eram partidos aliados. O registro foi feito em um jantar na residência de Eduardo Paes, que era prefeito do Rio na época. Pedro Paulo era secretário-executivo municipal e pré-candidato à Prefeitura da capital carioca.

Essa imagem também foi adulterada em 2016, durante a campanha eleitoral. Marcelo Crivela, que era candidato, usou a foto em uma propaganda de TV para atacar o concorrente Pedro Paulo. Porém, a imagem aparecia cortada, sem a presença do ex-presidente Lula.

Atualmente, Sérgio Cabral que também aparece na imagem, está preso desde novembro de 2016, assim como o outro ex-governador, Pezão,  cumpre pena desde novembro de 2018.

Conteúdo de fact-checking do Pipeify.