É falso que ator Miguel Falabella morreu de Covid-19

Circulou pelas redes sociais nesta semana a informação de que o ator global Miguel Falabella teria falecido em decorrência do coronavírus. De acordo com o boato que circula na web, o ator teria ficado internado ao longo de 14 dias na UTI e não teria resistido ao agravamento da doença. 

“Brasil de Luto: Morre Miguel Falabella após graves complicações da Covid-19 ‘14 dias internado na UTI (…)’”, diz um trecho do conteúdo que circulou pela web ao longo de toda a quarta-feira (02) e que já contava com mais de 500 compartilhamentos no Facebook. 

(Foto: Reprodução/Facebook).
(Foto: Reprodução/Facebook).

A informação é verdadeira, entretanto, ela foi compartilhada de uma informa incorreta, já que associaram o nome do ator ao de Monsenhor Miguel Falabella de Castro, Vigário Geral da Arquidiocese de Juiz de Fora (MG), que faleceu em decorrência do Covid-19 no dia 23 de novembro. 

++ Larissa Manoela é criticada pela web após doar cão adotado no Instituto Luísa Mell

O homem em questão tinha 89 anos e foi diagnosticado com o covid-19 no início de novembro, no dia 09. O Vigário ficou internado por vários dias na UTI da Santa Casa de Misericórdia, porém, não resistiu a doença.  

Entretanto, o ator da Globo Miguel Falabella, de 64 anos, também foi diagnosticado com covid-19 e no final de novembro, no dia 24 de novembro, foi diagnosticado com a doença. Pela data coincidir com a data em que o sacerdote faleceu, muitas pessoas se confundiram e acabaram acreditando que o falecido fosse o ator e não o vigário.  

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.