40 anos sem John Lennon; confira os monumentos ao artista ao redor do mundo

281

Há 40 anos, a morte de John Lennon comovia o mundo. Em 8 de dezembro de 1980, o artista voltava para casa em Nova Iorque com a esposa Yoko One, quando um homem em frente a seu prédio aparece e atira no músico cinco vezes. Lennon chegou a ser levado para um hospital, porem os ferimentos foram muito graves e ele não sobreviveu.

Desde a morte do ex-Beatle, fãs do mundo todo prestam homenagens a seu trabalho, e as causas que ele defendia. Parques, jardins, estátuas e esculturas têm servido como ponto de encontro para que a memória de Lennon seja mantida.

Confira alguns dos monumentos ao artista espalhados pelo mundo:

Memorial Strawberry Fields – Central Park (Nova Iorque): O Strawberry Fields é uma área paisagística do Central Park que foi inaugurada em 1985, data do  45º aniversário de John Lennon. O memorial é um dos pontos turísticos mais visitados de Nova York e recebeu o mesmo nome de uma famosa canção dos Beatles.

 Mosaico Imagine: No Strawberry Fields está locaizaco o famosos mosaico com a palavra “Imagine” onde diariamente fãs deixam flores e se reúnem para prestar homenagens ao Beatle.

Parque John Lennon (Havana): Em Cuba, o Parque Jihn Lennon abriga um banco com a estátua do músico. Aos pés deste banco, um mármore grava as palavras: “Dirás que soy un soñador pero no soy el único” (podem dizer que sou um sonhador, mas eu não sou o único), trecho da música Imagine.

Non-Violence (Nova Iorque): Em frente ao prédio da ONU, em Nova Iorque, está a escultura Non-Violence que mostra uma arma com o cano amarrado em um nó, como símbolo da paz após o assassinato em Nova York. A escultura foi feita por Carl Fredrik Reuterswärd, que era amigo de John Lennon, após o artista morrer assassinado a tiros em 8 de dezembro de 1980 por Mark Chapman.

Estátua John Lennon (Espanha): Erguida em 2008, esta estátua fica no Méndez Núñez Gardens. Todo dia 8 de dezembro, fãs cobrem o monumento com flores, relembrando a morte de John Lennon.

John Lennon Memorial Garden (Escócia): “In My Life” foi uma música que John Lennon escreveu inspirado na cidade de Durness, na Escócia, onde passava suas férias na infância. No jardim, é possível encontrar diversos trechos da canção.

Imagine Peace Tower (Islândia): A Torre Imagine a Paz tem 15 canhões de luz equipados com espelhos prismáticos que permitem que a coluna de luz alcance 4 quilômetros de altura. A torre é ligada todos os anos, de 9 de outubro (data de nascimento de John) até 8 de dezembro (dia da morte do artista).

Muro John Lennon (República Tcheca): As homenagens no muro começaram a surgir logo após a morte do artista, enquanto a República Tcheca ainda era a Tchecoslováquia, parte da União Soviética, e as autoridades eram contra as expressões artísticas que eram feitas no muro.

John Lennon Peace Monument (Liverpool): Em outubro de 2010, Julian e Cynthia Lennon (filho e ex-esposa de John Lennon) inauguraram o Monumento em homenagem ao 70º aniversário do artista no Parque Chavasse.