José Dirceu não escreveu tuíte incitando ‘caça dos fascistas de direita’ do Brasil

 

Circula nas redes sociais uma publicação afirmando que o ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, teria escrito um tuíte afirmando que, agora que a esquerda conseguiu derrotar o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, seria a hora de caçar todos os “fascistas de direita” do Brasil.

“Estamos trilhando o caminha da vitória, derrotamos o Trump, agora nosso foco e’ o Brasil e caçar cada um dos fascistas de direita. Como fizemos em toda América Latina e estamos fazendo no mundo todo.” – Texto em tuíte supostamente publicado por Zé Dirceu. (Fonte: Reprodução)

Essa informação é falsa e o tuíte que circula nas redes sociais não foi publicado pelo ex-ministro da Casa Civil. A conta do Twitter que aparece na publicação, @zé_dirceu_df, na verdade não existe, já que,  na rede social não é possível incluir acentos em endereços. Além disso, a conta @ze_dirceu_df, sem acento, também não existe.

José Dirceu nem ao menos possui uma conta oficial no Twitter. Segundo a assessoria de imprensa do petista, existe apenas um perfil, que foi criado em junho de 2018, para divulgar o livro “Zé Dirceu: Memórias”. A última publicação neste perfil foi feita em 18 de dezembro de 2020, ou seja, antes da invasão do Capitólio nos Estados Unidos.

Além disso, nesta conta, não existe nenhum comentário sobre as eleições presidenciais americanas de 2020. O perfil, assim como informou a assessoria de imprensa, fala majoritariamente sobre entrevistas que foram concedidas pelo ex-ministro.

Sobre política, recentemente, Dirceu publicou duas colunas criticando o governo de Jair Bolsonaro (sem partido). Nas publicações ele afirma que “não fosse o STF, o Congresso Nacional e a oposição de esquerda, Bolsonaro já seria ditador” e ainda disse que nunca houve um governo criminoso e irresponsável como o atual. Apesar disso, não foi feita nenhuma menção a Não há a “caça a fascistas” ou, até mesmo, à derrota de Donald Trump.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.