Biden fará cerimônia em homenagem às 500 mil vítimas de Covid-19 nos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou realizar nesta segunda-feira (22) uma cerimônia em homenagem às 500 mil  vítimas da Covid-19. Até este domingo (21), os EUA contabilizavam 498.979 mortes e registravam 28.133.627 casos da doença.

+ Nova variante do coronavírus chega em São Paulo e estado confirma 25 infectados

Biden, do Partido Democrata, se torna presidente do país com mais casos de coronavírus do mundo. Embora o ritmo de vacinação contra covid-19 nos Estados Unidos seja rápido, chegando a 1,7 milhão de doses diárias esse mês, o estado americano registra números impressionantes, apenas superados, nos últimos cem anos, pela gripe espanhola, em 1918.

Os números são altos, mas o marco chega em momentos de esperança: segundo o presidente, o objetivo do governo é vacinar todos os americanos contra a doença até julho deste ano. Os novos casos estão caindo e Biden anunciou que a vida pode “voltar ao normal” perto do Natal deste ano.