Repórter da Globo não reportou caminhões estacionados como se fosse greve

Bruno Lima durante gravação. (Foto: Reprodução/Inter TV- Grande Minas)
Bruno Lima durante gravação. (Foto: Reprodução/Inter TV- Grande Minas)

É falso o vídeo que circula pelas redes sociais na última segunda (22) em que um repórter teria filmado um estacionamento de caminhões como se fosse greve da categoria. A reportagem em si foi ao ar no jornal da manhã da Inter TV – Grande Minas, afiliada da Rede Globo no estado mineiro.

+Avião com doses da vacina de Oxford/AstraZeneca chega ao Brasil nesta terça-feira

O vídeo enganoso mostra o repórter gravando a participação ao vivo e foi compartilhado com a seguinte mensagem: “Globo filma caminhões em estacionamento de restaurante e diz que é paralisação”.

Na reportagem a qual o vídeo se refere, o repórter Bruno Lima foi a um ponto de reunião de caminhoneiros para fazer uma passagem sobre o tema. Bruno ainda deixa claro que apesar de falarem da greve, a maioria dos caminhoneiros não aderiu à paralisação.

Trecho do vídeo enganoso. (Foto: Reprodução/YouTube)
Trecho do vídeo enganoso. (Foto: Reprodução/YouTube)

O jornalista terminou a passagem dizendo que o movimento buscava pela redução no valor do diesel, um piso mínimo do frete rodoviário e uma redução dos itens de manutenção dos veículos, como pneus e que não há interdições nas rodovias.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.