Vacina Pfizer BioNTech é 100% eficaz em jovens de 12 a 15 anos, afirma estudo

A vacina BNT162b2, desenvolvida pelas farmacêuticas, demonstrou 100% de eficácia em jovens de 12 a 15 anos. (Foto: Reprodução/Pfizer)
A vacina BNT162b2, desenvolvida pelas farmacêuticas, demonstrou 100% de eficácia em jovens de 12 a 15 anos. (Foto: Reprodução/Pfizer)

Nesta quarta-feira (31), os laboratórios Pfizer e BioNTech divulgaram um estudo que comprova que a vacina contra Covid-19 desenvolvida pelas empresas tem eficácia em jovens entre 12 e 15 anos.

+Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro desmente calendário de vacinação falso

Os testes clínicos da fase 3 foram realizados com 2.260 estudantes dos Estados Unidos. Houve 18 casos da doença no grupo que tomou o placebo (1.129 pessoas) e nenhuma infecção pelo vírus no grupo que tomou o imunizante (1.131 jovens). 

Em comunicado, as empresas alegaram que as vacinas aplicadas “mostraram uma eficácia de 100% e uma resposta robusta na forma de anticorpos”.

Os resultados serão encaminhados para a Agência Food and Drug Administration (FDA), nos Estados Unidos, e à Agência Europeia de Medicamentos para solicitar alteração no uso emergencial do imunizante.