K-Pop: Park Chorong desmentiu que teria agredido colega de escola

Park Chorong, integrante do grupo Apink, desmentiu a acusação de que teria agredido uma colega de escola durante a adolescência. A empresa por trás do grupo, Play M Entertainment, procurou medidas legais. 

+Assumidos? Marina Ruy Barbosa conhece a fazenda de Mussi e político curte as imagens postadas

A acusação foi feita por uma mulher identificada apenas pelo sobrenome Kim. Ela disse que a artista a agrediu com tapas e chutes e revelou que Park Chorong consumia bebidas alcoólicas ainda na adolescência. 

Em comunicado à imprensa, a estrela do grupo Apink, de 30 anos, confirmou que consumiu álcool quando era menor de idade, mas negou as acusações de agressão e disse que provará inocência por meio de relatos de pessoas que vivenciaram a época. 

“Em relação ao assunto que recentemente veio a público, ele começou no final de fevereiro e está em andamento há cerca de um mês. Durante esse tempo, fiz um grande esforço para tentar comunicar de forma amigável, mas não funcionou, o que considero muito lamentável. Li as reportagens e entrevistas relacionadas a mim que foram publicadas ontem. Embora as coisas tenham escalado a este ponto por causa de um mal-entendido entre nós, me sinto ainda mais torturada porque ainda tenho lembranças de ser amiga [daquela pessoa] desde o ensino fundamental até o ensino médio, de brincarmos juntas. Me sinto péssima a ponto de não conseguir expressar. Mas quero repetir mais uma vez que em relação às mentiras que se espalharam, sou completamente inocente até o fim”, disse a artista que encerrou a declaração pedindo desculpas aos familiares e amigos. 

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.