Ex-mulher de Tom Veiga, o Louro José, nega ter agredido ator em briga

Cybelle Hermínio da Costa, ex-mulher de Tom Veiga, negou ter agredido o ator em setembro de 2020. A empresária publicou um vídeo em seu Instagram na última quarta-feira (07), e comentou os rumores de agressão e de exumação do corpo.

++ Família de Tom Veiga, o Louro José, nega ter pedido exumação do corpo

Segundo uma ex-funcionária do ator que deu vida ao personagem Louro José, do “Mais Você”, ele havia lhe relatado que teria sido agredido por Cybelle e, um amigo, relatou que o artista também revelou ter apanhado da mulher. 

No entanto, a ex-mulher de Tom alega que nunca houve nenhum tipo de violência na relação do casal. “Minha relação com Tom sempre foi muito carinhosa, brincalhona e amorosa. Nunca houve nenhum tipo de violência de nenhuma das partes. A gente tinha briga normal, como todo casal, mas nada que fugisse do controle”, afirmou Cybelle.

“Eu confio na lei, na Justiça e no laudo do IML”, afirmou Cybelle Hermínio da Costa

“Sempre tive uma relação muito boa com os amigos. Me surpreendeu porque eu tenho mensagens deles, tenho arquivos de grupos que a gente participava juntos. Então, eu desconheço completamente essas coisas que estão sendo faladas”, completou a empresária.

“Nunca houve data de assinatura de divórcio. Então, diante disso, de envenenamento… É um absurdo o que estão falando. Nunca houve nada disso”, afirmou Cybelle. “Desconheço completamente aquelas marcas e fotos que estão circulando nas mídias. Nunca houve nada disso, tanto que não tem B.O. registrado, não tem medida protetiva, não tem corpo de delito. Eu confio na lei, na Justiça e no laudo do IML”, concluiu a ex-esposa do artista.

O advogado Edson Sobrinho a ação jurídica dos quatro filhos de Tom Veiga para retirar a ex-mulher do pai do testamento segue em segredo de Justiça. “Essas alegações que estão sendo feitas: de exumação de corpo, de forçação de casamento através de doação de bens, nunca houve isso. Isso tudo vai ser analisado dentro do processo”, declarou o profissional. 

Confira o vídeo:

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.