Prefeito de SP se licencia do cargo por 30 dias para tratamento de câncer

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou sua licença de 30 dias do cargo para continuar o tratamento de um câncer no sistema digestivo. O anúncio foi feito por Covas através das redes sociais. O pedido de afastamento será enviado à Câmara Municipal de SP nesta segunda-feira (3). Quem assume seu lugar é o vice-prefeito da cidade, Ricardo Nunes (MDB).

+ Banco Central nega falha de segurança no Pix e alerta contra golpes

Em nota, a prefeitura de São Paulo informou o ocorrido. “Desde que recebeu o diagnóstico da enfermidade, Covas adotou total transparência em respeito à população. Com o surgimento de novos focos, o Prefeito de São Paulo precisará de dedicação integral ao tratamento e entende que não será compatível com as suas responsabilidades e compromisso com a cidade e os paulistanos. Diante do exposto, o ofício com o pedido de afastamento por 30 dias será enviado nesta segunda-feira, 03/05, com base nos Artigos 65 e 66 da Lei Orgânica do Munic”, comunica a nota.

Bruno Covas foi internado no Hospital Sírio Libanês no último domingo (2). O prefeito foi diagnosticado com câncer em 2019 e seu estado de saúde tem sido informado pelo próprio através de seus perfis oficiais. Covas já havia passado por internação em abril como parte de seu novo protocolo de tratamento oncológico, que une quimioterapia e imunoterapia.