Conmebol nega busca por lucro na execução da Copa América

7

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (2), a Conmebol se posicionou em defesa da realização da Copa América de 2021, programada para ser sediada no Brasil, após o cancelamento dos jogos na Argentina. No texto, a instituição negou que esteja buscando lucro através da execução do evento.

+ Mãe de MC Kevin nega briga pela herança milionária do filho

A Conmebol argumenta que a ausência de público nos jogos traz prejuízo econômico para a entidade e que o objetivo do torneio é preparar as equipes sul-americanas para a Copa do Mundo em 2022, citando como exemplo o fraco desempenho das seleções do continente na última Copa, em 2018.

A CSF afirmou ainda que considera mentira que o Brasil seja o pior país sul-americano para disputar a Copa América, comparando os índices de infecção do país com os de outros países da América do Sul, abaixo da média de acordo com dados da Universidade John Hopkins.

Por fim, a Conmebol alega que o protocolo sanitário desenvolvido pela entidade, ainda não divulgado, atinge a taxa de 99% de eficácia, além de ser a única instituição civil a realizar uma campanha de vacinação para todos os envolvidos no evento.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.