Chefe de UTI Pediátrica de Botucatu desmente mortes de crianças por Covid-19 na cidade

Após boatos de que crianças estariam morrendo de Covid-19 na UTI  do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Botucatu (SP), o chefe da Unidade de Terapia Intensiva Pediátrica da instituição de saúde, José Roberto Fioretto, desmentiu as informações.

+ Sasha e João Figueiredo se vacinam contra a Covid-19 em Nova York

Em entrevista a um jornal local, o professor José Fioretto afirmou que, atualmente, quatro crianças estão internadas no hospital. Entre elas, três tiveram o diagnóstico confirmado para Covid-19 e uma permanece em investigação. Recentemente, outras duas crianças contaminadas receberam alta.

O médico ainda informou que nenhuma delas é moradora da cidade. “Todas são de outros municípios da região administrativa do ponto de vista de cuidados médicos”, informou o profissional.

Em maio, o município de Botucatu imunizou mais de 65 mil moradores com doses do imunizante da Oxford/AstraZeneca, parte de um estudo para testar eficácia da vacina contra as novas variantes do coronavírus.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.