SBT desmente que Patrícia Abravanel irá sair do comando de ”Vem Pra Cá”

Segundo informações da colunista Fábia Oliveira, do Jornal ‘O Dia’, Patrícia Abravanel anda comentando por aí que em breve não estará mais à frente do ”Vem Pra Cá”, seu novo programa do SBT. Aliás, muitos rumores surgiram afirmando que a apresentadora deve deixar a atração em agosto deste ano. A justificativa seria que a filha de Silvio Santos na verdade só foi contratada para implantar o programa na grade da emissora.

++ Patrícia Abravanel poderá perder programa no SBT para Chris Flores

Negando informações

Procurada pela jornalista, a assessoria do SBT, no entanto, desementiu que Patrícia irá deixar a atração: “Não existe data. Ela fica no comando como apresentadora principal do programa.“, garantiram a equipe do canal.

Relembre

Em pouco mais de três meses no ar, Patrícia já se envolveu em muitas polêmicas. Uma delas foi falar ao vivo sobre relacionamentos homofoativos. Na ocasião, ela pediu compreensão da comunidade ‘LGBTQIA+’ após dizer que “é difícil explicar para os filhos“.

Saiba mais

Após discurso homofóbico, o Grupo de Advogados pela Diversidade (GADVS) e a Associação Brasileira de Mulheres LBTIs (ABMLTBI) protocolaram duas denúncias contra o SBT e a apresentadora. Afinal, o que ela fez foi crime de LGBTfobia. Quem registrou as denúncias foi a advogada e integrante dos grupos Luanda Pires.

++ SBT nega que Íris Abravanel furou fila na vacinação da Covid-19

As denúncias acusam Patrícia de ter debochado da sigla ‘LGBTQIA+’: “Isso, somado ao fato de afirmar que algumas pessoas escolhem sua orientação, fomenta um discurso de ódio contra essa população.“, afirmou advogada, em entrevista ao UOL.

Tiago Abravanel

Aliás, a repercussão foi tanta que até Tiago Abravanel, neto de Silvio Santos e sobrinho de Patrícia, se posicionou: “Preciso tentar falar para você, tia, o como eu me senti assistindo, tá? Eu penso que não é uma questão de opinião. É uma questão de respeito. Você não precisa ser como eu, mas precisa respeitar quem eu sou e ponto final. (…)“, encerrou.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.