Boatos de negociação com Disney + para reexibição de série ”Chaves” são falsos, diz diretor

Não vai ser dessa vez que o público dos seriados ”Chaves” e ”Chapolin” poderão rever as obras de Roberto Bolaños. O alto escalão do Grupo Chespirito, que detém os direitos sobre ambas atrações, desmentiu os boatos de que estaria negociando uma parceria com o streaming do Walt Disney Pictures.

++ Disney+: conheça 10 filmes incríveis para assistir no streaming

Fake News

A questão foi esclarecida pelo diretor de conteúdos do grupo, Heriberto López de Anda, por meio do Twitter: ”Confirmo que se trata de uma notícia falsa! Não existe tal acordo”, informou ele.

Confira:

Entenda mais sobre caso

A confusão começou há alguns dias, quando o jornal mexicano ‘El Universal’ publicou a notícia de que a Disney teria fechado contrato com o Grupo Chespirito. Segundo o jornal, o intuito era produzir uma nova série do universo ”Chaves”, que contaria com duas temporadas e apresentaria crianças interpretando os personagens clássicos.

Entretanto, no último domingo (20), o produtor Roberto Gómez Fernández recorreu ao mesmo jornal para desmentir a informação: ”Temos projetos de animação em desenvolvimento, mas estamos realizando-os por nossa própria produtora, sem destinatário.”, esclareceu o filho do saudoso Roberto Bolaños (1929-2014).

++ Lista com os 10 maiores vilões dos filmes da Disney

Fora da TV desde 2020

Como se sabe, ”Chaves” e ”Chapolin” tiveram suas exibições suspensas em todo o mundo em agosto do ano passado (2020), em virtude da ruptura do Grupo Chespirito com a Televisa. Desde então, os fãs dos programas aguardam a oportunidade de voltar a vê-los em alguma plataforma. Mas parece que isso não acontecerá, infelizmente.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.