Governador Eduardo Leite se assume gay e recebe críticas de Bolsonaro

Nesta quinta-feira (1), o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB) assumiu ser gay e confirmou estar namorando um médico. A revelação aconteceu no programa “Conversa com o Bial”, da TV Globo.

+ Ludmilla defende Cardi B em confusão com MC Dricka e nega rivalidade feminina

“Eu sou gay. E sou um governador gay, e não um gay governador, tanto quanto Obama nos Estados Unidos não foi um negro presidente, foi um presidente negro. E tenho orgulho disso”, declarou o governador na entrevista.

Eduardo Leite recebeu críticas do presidente Jair Bolsonaro, de quem era apoiador. O mandatário comentou o assunto na saída do Palácio da Alvorada e revelou acreditar que o governador está “se achando”.

“O cara está se achando o máximo, está se achando o máximo…: ‘Eu assumi’. É um cartão de visita para a candidatura dele. Ninguém tem nada contra a vida particular de ninguém, agora querer impor o seu costume, o seu comportamento para os outros…”, criticou o presidente.