Pamella relata as agressões que sofreu de DJ Ivis: “Estava grávida de 5 meses quando ele me arrastou pelo pescoço”

A divulgação dos abusos sofridos por Pamella Holanda veio à tona neste domingo (11) e se tornou o assunto mais comentado das redes sociais nesta segunda-feira (12).

+ Após agredir a esposa, DJ Ivis nega ter deixado a família com apenas R$ 12

Após divulgar vídeos onde sofre inúmeras agressões do marido, o DJ Isis, Pamella resolver conceder uma entrevista ao jornalista Leo Dias na tarde desta segunda-feira (12) para contar os detalhes do relacionamento abusivo que sofria dentro de casa, marcado por violência doméstica e possível tentativa de feminicídio.

Bastante abalada, a arquiteta conta que a primeira agressão ocorreu quando ela estava grávida de 5 meses. Segundo Pamella, DJ Isis a pegou pelo pescoço e a arrastou pelo apartamento. Pamella revela ainda sobre o temperamento constantemente agressivo do DJ e que ele sempre negava que a agredia. Veja abaixo trechos da entrevista comovente de Pamella Holanda:

Nas imagens que expuseram as agressões sofridas por Pamella Holanda, aparece uma outra pessoa. Os internautas questionaram quem ela era e o porquê dela não defender a arquiteta de DJ Ivis. Na tarde desta segunda-feira (12), a vítima veio à público explicar que a pessoa em questão é a mãe dela.

“Eu quero só deixar claro que, nas imagens que aparece outra pessoa, essa pessoa é minha mãe. Não babá ou funcionária. Mas a minha mãe, que estava me ajudando com a minha filha”, explicou Pamella.

Cleo, Sasha e Medina: Confira os famosos que se casaram em cerimônia intimista

Em áudios enviados por Charles Barbosa de Oliveira, motorista de DJ Ivis que estava presente nos vídeos das agressões, em que ele relata que as cenas mostradas nos vídeos eram uma rotina na relação entre o compositor e sua esposa, Pamella Holanda.

“Uma coisa que eu digo a você sem medo de errar e o que eu vou falar quando for chamado lá. Se não fosse primeiramente Deus e eu, de fevereiro para cá alguém já tinha morrido. Aquela confusão ali não começou ali não, começou dentro do quarto”, contou.

Segundo ele, ao contrário das críticas que têm recebido por não ter feito nada nos vídeos em que aparece, por muitas vezes ajudou para que algo pior não acontecesse com o casal.

“As que eu participei eu lembro de tudo, sei de tudo e muita coisa ali eu me coloquei, senão a m*** tinha sido maior. Agora é fácil apontar, criticar e dizer que eu nunca fiz nada ou que fui omisso. Beleza, fui omisso, tranquilo! Vou responder pela minha omissão. E das vezes que eu me coloquei? E tesoura que eu tomei? E faca que eu tomei? Ninguém vê isso”, finaliza.