Humorista desmente que Renato Aragão seja arrogante: ”É muito bonzinho”

Nessa terça-feira (20), Gui Santana, contou como foi atuar ao lado de Renato Aragão, o Didi, em ”Os Trapalhões”, da Rede Globo, em 2017. O humorista interpretou Zacarias na versão mais atual da célebre atração, papel que era de Mauro Faccio Gonçalves, falecido em 1990.

++ Dedé Santana descarta aposentadoria e desabafa sobre carreira

Fama de arrogante

Em entrevista ao podcast ”Cortes do Inteligência”, Santana desmentiu a fama de arrogante atribuída a Renato Aragão, estrela dos Trapalhões desde a década de 70: ‘‘Não tem disso de ficar chamando de senhor Renato. É de boa. Ele é velhinho, tinha 83 na época. É muito bonzinho.”, diz logo a princípio o humorista, que ficou conhecido por suas imitações no programa Pânico na Band.

O ator, porém, diz que não há como misturar o Renato Aragão de antes, quando era mais novo, com o de agora, quando já é um senhor: ”Eu gravei com um senhor de idade. Não podemos falar nem que são ‘Os Trapalhões’, não é o cara quando tinha 30 anos de idade. Não tem como saber como ele era há 40 anos.”, opina.

Mas sobre a história de que Aragão humilha as pessoas, Gui Santana negou prontamente: ”Ele é velhinho. Um avô. Tem cheirinho de talco de bebê.”, brincou.

++ Tatá Werneck revela que sonha com Paulo Gustavo todas as noites

Posteriormente, Santana ponderou que naquela época quando ”Os Trapalhões” iniciaram deveria ter bastante problema, assim como nas gravações do Pânico: ”Claro que devia ter essa agitação. Essas coisas mais pesadas, de tretas internas, assim deve ter em uma banda, na ‘Praça É Nossa’, em um monte de lugar.”, explica por fim.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.