Filho da cantora Walkyria tira a própria vida após comentários homofóbicos na web

Lucas Santos, filho da cantora de forró Walkyria Santos, morreu nesta terça-feira (03) aos 16 anos. O empresário e sócio da cantora, Alexandre César, disse que o garoto foi encontrado morto no condomínio onde morava com a mãe, em Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Douglas Souza, atleta do vôlei, desmente vazamento de vídeo íntimo

“O Lucas era um menino muito sabido. [A morte] Pegou todo mundo de surpresa. [Lucas foi encontrado] no quarto dele, ele estava sozinho”, disse o empresário.

30 atletas que enfrentaram crises de saúde mental

O motivo da morte teria sido suicídio devido aos terríveis ataques homofóbicos que o rapaz sofreu recentemente na rede social após um de seus vídeos viralizar no Tik Tok.

A conta oficial da artista anunciou a morte do jovem e disse que a família está “em pedaços”. “Infelizmente, hoje o mundo da família Santos está cinza. Lucas, filho da Walkyria, já não se encontra entre nós. O coração da Walkyria e toda sua família está em pedaços. Essa é uma dor que nenhuma mãe quer passar”, diz o comunicado. “Neste momento, pedimos que respeitem o luto e que orem e mandem boas energias para Walkyria e toda sua família. Agradecemos a todos os fãs e amigos pelas mensagens positivas. O Senhor está perto dos que têm o coração quebrantado e salva os de espírito abatido. Salmos 34:18 Lucas agora está ao lado de Deus”, acrescenta a nota. O velório será no Centro de Velório São José, em Natal, às 19h. O sepultamento acontece no Cemitério Vila Flor, em Macaína, às 10h de amanhã.

O empresário disse que não foi a artista que encontrou o caçula sem vida. “Foi a tia dele, o pessoal que mora junto. A irmã e o cunhado da Wal moram com ela. A morte pegou todo mundo de surpresa. Quando eu ia para Natal, dormia no quarto com Lucas. Ele passava a noite jogando no computador. Era um menino que tinha muitos amigos. Wal está trancada no quarto, destroçada”.

Mãe chora e critica os ataques de homofobia sofridos pelo filho

A cantora postou um vídeo no final da tarde desta terça-feira (3) falando que o garoto tirou a própria vida após receber comentários de ódio na rede social TikTok. “Hoje eu perdi o meu filho, uma dor que só quem sente vai entender. Tem alguns vídeos dele, ele postou um vídeo no TikTok, uma brincadeira de adolescente. E achou que as pessoas iam achar engraçado, mas não acharam e destilaram ódio” começou a explicar Walkyria.

“As pessoas deixaram comentários maldosos. Meu filho acabou tirando a vida, estou desolada e acabada. Estou sem chão. Estou aqui como uma mãe. Ele já tinha mostrado sinais, já tinha levado em psicológico. Mas foram os comentários nesse TikTok nojento que fez com que ele chegasse a esse ponto.”

Walkyria é natural de Monteiro, no estado da Paraíba, e ficou conhecida por sua trajetória na Banda Magníficos. Ela atualmente segue em carreira solo. Entre os maiores sucessos da cantora estão “Você Nunca Me Amou”, com Márcia Fellipe, e “Perfil Falso”. Diversos companheiros de música lamentaram a perda da cantora. “Só Deus pra te dar força, Wal”, escreveu Xand Avião. “Forças! A dor é grande, mas saiba que Deus está contigo o tempo todo! Estamos juntas, em oração”, disse a dupla Simone & Simaria.

Centro de Valorização da Vida

Caso você esteja pensando em cometer suicídio, procure ajuda no CVV e os CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) da sua cidade. O CVV (https://www.cvv.org.br/) funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.