Fernando Reis, atleta das Olimpíadas, desmente uso de doping

O atleta de levantamento de peso, Fernando Reis, negou que foi suspenso das Olimpíadas de Tóquio por uso de doping. O esportista usou seu Instagram, nesta terça-feira (03), para explicar o que realmente levou ao cancelamento.

Doping é caracterizado pelo uso de substâncias por atletas com o intuito de potencializar a performance esportiva, por isso é considerado proibido durante os jogos profissionais.

++ Segundo reality? Gabi Martins assina com a Record para participar de ”A Fazenda 13”, diz colunista

O que levou à suspensão?

Fernando postou um vídeo no seu Instagram e alegou que a suspeita de doping era inverídica e que “foi descoberto um nódulo em minha glândula pituitária que potencialmente está causando a liberação de níveis elevados de hormônio”, escreveu Reis.

O atleta lamente não poder participar das olimpíadas e que recebeu com grande surpresa “e descontentamento a notificação do resultado analítico adverso em meus níveis hormonais indicando uma alteração no meu nível de hormônio de crescimento”, comenta Fernando.

++ É falso que Ítalo Ferreira pediu pela prisão de Lula na entrega da medalha

Fernando afirma que é um dos atletas mais testados do mundo

O atleta se pronuncia e afirma que sempre estava em conforme com as regras anti-doping: “durante minha carreira fiz 65 só nos últimos 10 anos. Sempre cumpri a risca as regras e padrões anti-doping estabelecidos, e não o faria diferente num momento em que estava tão próximo de atingir os meus objetivos.”

Reis também acredita que houve algum engano e buscou um advogado para ajudá-lo a esclarecer o “mal-entendido”.

Por fim, o atleta agradece a torcida e afirma que manterá o foco nos treinos.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee