É FALSO que Bill Gates foi preso por militares dos EUA por causa das vacinas contra a Covid-19

Circula nas redes sociais uma mensagem que diz que o bilionário Bill Gates foi preso por militares dos Estados Unidos por causa das vacinas contra a Covid-19 – a informação não procede.

++ É falso que Bill Gates é contra vacinação em crianças

A FAKE NEWS foi publicado em 1º de agosto em um site americano que se identifica como sendo de humor e sátira, mas que propaga teorias conspiratórias e antivacina. O mesmo site destaca, por exemplo, o seguinte título: “Militar executa Tom Hanks” – o que também não é verdade.

O que diz a fake news?

O texto falso alega que Gates coagiu a ”Food and Drug Administration” (FDA), agência reguladora de medicamentos dos Estados Unidos, a emitir a autorização de emergência para vacinas contra a Covid-19. O texto também levanta desconfianças sobre o conteúdo das vacinas, sem apresentar provas, e afirma que o bilionário ganhou R$ 10 bilhões com as vendas dos imunizantes.

Porém, através de uma busca simples nas redes sociais do executivo e no noticiário é possível ver que não há nenhuma informação sobre uma suposta prisão do bilionário ou mesmo tensão por causa de uma operação militar realizada contra ele.

++ Bill Gates diz que está chocado com as teorias de conspiração ”malucas”

Alvo de notícias falsas

O empresário, que constantemente busca estimular o desenvolvimento e acesso a imunizantes, é alvo frequente de teorias conspiratórias disseminadas por grupos antivacina. Afinal, já foi desmentido que ele financia uma vacina não líquida contra a Covid-19 que instala chip nas pessoas, além de muitas outras teorias conspiratórias.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.