Luísa Sonza revela uso de antidepressivos e ansiolíticos para lidar com as críticas

Luísa Sonza, 23 anos, volta e meia publica algo relacionado à saúde mental e como as críticas que recebe a afetam demais. Recentemente, em entrevista à revista JP, a cantora comentou que precisou fazer uso de ansiolíticos e terapia para lidar com os ‘haters’.

++ Bandidos rendem Luísa Sonza e assaltam a cantora em farmácia de SP; saiba mais!

Durante entrevista, Luísa Sonza revela urso de antidepressivos e ansiolíticos por causa dos ‘haters’

Minha terapeuta me acompanha o tempo todo e tomo ansiolítico e antidepressivo, porque as crises de pânico ficaram fortes. Não tinha, sempre fui uma pessoa ansiosa, mas lidar com isso é bem complicado, porque é uma coisa que atormenta todos os dias.”, lamenta a capa do mês de outubro da revista.

A artista recorda os ataques que recebeu quando Whindersson Nunes, seu ex-marido, perdeu o bebê que esperava com Maria Lina Deggan. Na ocasião, Luísa não aguentou e foi para o México, se afastando das redes sociais: “Foi uma fuga, me fez muito bem, mas eu não estava lidando com a situação em si, estava fugindo. Precisei desse tempo, praticamente fui viver uma outra realidade, não queria voltar. Fiquei uns 15 dias no México, mas tive que retornar para trabalhar e cumprir contratos e tal, não tinha como adiar mais as coisas.”, conta a artista.

++ Whindersson desmente rumores de que teria ido ao RJ encontrar Luísa Sonza

Relacionamento com mulheres

À revista, Luísa, que é assumidamente bi, diz que já se relacionou com alguma mulheres: “É uma coisa natural. Nunca namorei com meninas, mas já me envolvi. Me sinto uma mulher livre. Sou uma pessoa tranquila em relação à isso, não sou de ficar com muita gente. Mas já me interessei por homens e já me interessei por mulheres, e é isso.“, resumiu.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.