Médico nega que Shantal, esposa de Mateus Verdelho, tenha sofrido violência obstétrica

Shantal Verdelho deu à luz Domênica, fruto de seu relacionamento com o rapper Mateus Verdelho em setembro. A menina é a segunda filha do casal. No entanto, nesta última sexta-feira (10), através de um áudio e alguns vídeos vazados na Internet, a influenciadora fala e mostra supostas cenas de violência obstétrica durante o parto da filha.

++ Thaila Ayala assume medo de dar a luz após ver vídeos do parto de Shantal

Nas imagens, médico solta palavrões

Nas imagens, gravadas com uma ‘Go Pro’ pelo marido da blogueira, o ginecologista e obstetra Renato Kalil aparece soltando alguns palavrões enquanto pede para a gestante fazer força: “‘P**ra, faz força. Filha da mãe, ela não faz força direito (…) Que ód**. Não se mexe, p**ra“. Em seguida, ela rebate: “Eu estou fazendo [força]. Eu sou a maior interessada nisso“. Na época, Shantal contou que o trabalho de parto durou, aproximadamente, 48 horas e não foi humanizado, como era de sua vontade.

Confira vídeo vazado (passe para o lado):

À revista Quem a influenciadora confirmou a veracidade dos conteúdos vazados na web, mas preferiu não falar sobre o assunto: “Por enquanto, eu não quero ficar revivendo esse momento, mas estou pensando sobre (…)”, disse a esposa de Mateus Verdelho.

Assessoria do médico desmente que tenha ocorrido violência obstétrica durante parto

Já a assessoria do médico, nega as afirmações de Shantal e disse que tomará providências jurídicas quanto ao assunto: “O Dr. Renato Kalil é médico obstetra ginecologista há 36 anos, sendo um dos médicos mais reconhecidos do Brasil. Ao longo de sua carreira, já efetuou mais de 10 mil partos, sem nenhuma reclamação ou incidente. O parto da Sra. Shantal aconteceu sem qualquer intercorrência e foi elogiado por ela em suas redes sociais durante trinta dias após o parto.”, afirmou logo a princípio a equipe do doutor.

++ Shantal, esposa de Mateus Verdelho, relata perrengue ao ir tomar vacina contra Covid-19

Surpreendentemente, o Dr. Renato Kalil começou a receber, nos últimos dias, ataques com base em um vídeo editado, com conteúdo retirado de contexto. A íntegra do vídeo mostra que não há nenhuma irregularidade ou postura inapropriada durante o procedimento. Ataques à sua reputação serão objeto de providências jurídicas, com a análise do vídeo na íntegra.“, dizia ainda um texto enviado a imprensa, neste sábado (11).

Doutor é acusado por Shantal de quebrar sigilo ético e profissional

No áudio de cinco minutos, que teria sido enviado apenas a um grupo de amigas e acabou vazando na Internet, Shantal conta o que sofreu durante o parto: “Descobri que ele falou da minha va**** para outras pessoas. Tipo ‘Ficou ar***ga****, se não tiver episotomia, você vai ficar igual’.“. A influenciadora também acusa o profissional de ter revelado o gênero de sua bebê, sem o consentimento da família nas redes sociais: “Ele quebrou o sigilo”, afirmou.

Saiba mais

Violência obstétrica é um tipo de violência contra a mulher, praticada pelos profissionais da saúde, que se caracteriza pelo desrespeito, abusos e maus-tratos durante a gestação e/ou no momento do parto, seja de forma psicológica ou física. A denúncia pode ser feita no próprio hospital, clínica ou maternidade em que a vítima foi atendida; é possível também ligar para o disque 180, disque 136 ou para 08007019656 da Agência Nacional de Saúde Suplementar para reclamar sobre o atendimento do plano de saúde.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.