Após positivar pela terceira vez para Covid-19, Luciano Szafir desabafa: “Uma sensação muito ruim”

16

Luciano Szafir, 53 anos, levou um susto ao testar positivo para a Covid-19 pela terceira vez na semana passada. Isso porque o ator e apresentador ainda estava lidando com as sequelas da segunda vez em que foi infectado pela doença, em junho de 2021, quando chegou a ser intubado devido às complicações do Coronavírus.

++ Maria Meneghel revela que já desejou mal para Luciano Szafir: “Hoje peço perdão”

Na ocasião, o pai de Sasha Meneghel, que é casado com Luhanna Melloni, com quem tem Mikael, de 6 anos, e David, de 8, ficou aproximadamente um mês internado no Rio de Janeiro. No início de julho, ele ainda precisou se submeter a algumas cirurgias, entre elas a colostomia na região do intestino, que sofreu perfuração devido ao uso de anticoagulantes para tratar uma embolia pulmonar.

Luciano Szafir fala como foi saber que se infectou pela terceira vez

Em conversa com a revista Quem, nessa terça-feira (25), Luciano falou como foi saber, pela terceira vez, que estava novamente com a doença: “Soube do resultado [que havia testado positivo para a Covid-19 pela terceira vez] durante a preparação da colonoscopia, que é um exame preparatório para a reversão da bolsa de colostomia. Para entrar no hospital, precisei fazer o PCR.”, contou logo a princípio.

Em seguida ele desabafa: “O positivo veio como uma bomba, uma sensação muito ruim. Ainda mais depois de tudo o que passei. Tive consequências graves. A primeira noite depois que soube que tinha me contaminado pela terceira vez foi muito ruim. Com medo mesmo da doença evoluir. Mas, graças a Deus e à vacina, os sintomas foram leves. Tive apenas dores de cabeça.”, afirmou ele.

++ Luciano Szafir nega ter recebido ajuda financeira de Maria da Graça Meneghel

Luciano diz que se questionou muito sobre como se contaminou pela terceira vez: “Eu que já estava recluso, fiquei ainda mais com o aumento de casos [da Covid-19]. Mas esta Ômicron é muito contagiosa. O psicológico abala, mas a terapia me ajudou muito. E o fato de não ter sentido falta de ar me deixou mais tranquilo. Agora é torcer para negativar e seguir a vida, me cuidando ainda mais.“, disse.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.