Whindersson Nunes revela que recebeu ajuda de Alok na luta contra a depressão: “Gente boa demais”

Nesta quinta-feira (3), chegou na Netflix o show de stand-up “É de Mim Mesmo”, de Whindersson Nunes. No espetáculo, o humorista desabafou sobre a crise de depressão que vem enfrentando desde 2019.

++ Naiara Azevedo fala sobre lançamento de música com Marília Mendonça: “Ela sempre será uma referência para nós”

Whindersson relembrou que, ao relevar sobre sua saúde mental em entrevista ao “Fantástico”, o assunto virou pauta única em programas que ele era convidado. “Depois disso, tudo o que se falava de depressão, o povo falava: ‘chama o Whindersson’. Você ser o nome da depressão? Aí comecei a negar a ida nos programas de TV”, contou.

++ BBB22: Jade Picon sentencia: “Tiago saiu por causa do Arthur”

Ele seguiu desabafando: “Passei quase seis meses sem fazer nada. Sem aparecer na TV, sem fazer vídeo, sem trabalhar… Estava mal mesmo. Não queria fazer nada. E o assunto era só esse [a depressão]”.

Alok foi quem mais ajudou Whindersson

O comediante então revelou que recebeu muita ajuda do Dj Alok. “Ele é um cara sensacional, gente boa demais, umas das pessoas com o coração mais legal que eu já vi na minha vida. Ele queria ir lá em casa porque via que eu não queria sair. Ele queria me tirar de casa: ‘vamos gravar, cara?’, ‘vamos conhecer o estúdio novo’. E eu estava naquela de ‘não cara, não quero trabalhar, sair…'”, contou.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.