Maíra Cardi nega ter oferecido quarto ao filho de Paulo André para privilegiar Arthur Aguiar no reality

Na última sexta-feira (13) a empresária e coach Maíra Cardi, negou ter oferecido quarto ao filho de Paulo André para privilegiar Arthur Aguiar no reality. Em seus stories do Instagram, a artista ainda falou sobre o ex-brother ter recusado o quarto infantil que ela deu ao seu herdeiro, e comentou que o atleta a deixou de seguir nas redes socias.

++Kéfera Buchmann nega ter publicado tweet machista

“Quando eu comecei a seguir o PA, segui por conta de toda a história que houve no programa entre eles. Teve uma consideração muito grande da minha parte. Ele me seguia também, os adms, porque ele nem sabia quem eu era. Quando ele saiu, não sei o que houve, não é problema meu, mas ele parou de me seguir”, começou Maíra.

“Vi uma matéria falando que o PA ficou super grato por eu ter dado os presentes para ele, mas ele não ia aceitar porque não precisava e agora já tinha o dinheiro dele, mas que ele tinha agradecido muito e era muito grato. Se ele ficou muito grato, ficou internamente, porque nunca falou isso para mim, nunca me agradeceu”, declarou ela.

Em seguida, Maíra esclareceu o presente que ofereceu ao filho de Paulo, e disse que a recusa dele era por um “ego bobo”: “Quem me acompanha nas redes sociais sabe que eu amo dar presente para as pessoas. Quando eu posso, dou. Quando não posso, dou também. Muitas coisas, vocês nem sabem porque eu nem mostro. Dou apartamento, casa, carro, moto… Nem faço pelo outro, faço porque me dá prazer ver as pessoas felizes. Via muito ele falando do filho dele, do quanto era importante ele dar as coisas para o filho dele, e eu, como mãe, quis dar tudo isso, carrinho de bebê, cadeirinha de carro, cadeirinha de comer, quarto completo”, disse a coach.

Maíra contou que tentou de verdade entregar os presentes ao filho de Paulo André, e que o empresário do atleta ainda enrolou para passar o contato da família dele: “Enfim, tudo o que eu pude, coloquei ali que eu queria ter entregue. Insisti muito, tentamos falar milhões de vezes com a família dele, falamos várias vezes com o empresário, que, coitado, ficou nos enrolando para passar o contato e cada hora dava uma desculpa. Tenho um milhão de mensagens com ele. Não consegui entregar as coisas, porque eles realmente não quiseram. Dei isso muito tempo atrás quando não sabia nem que ia ficar na final. Desde então, estou tentando. E ficou claro que não vou conseguir, porque ele falou que não quer”, contou.

++Felipe Simas revela que cachorro mordeu o rosto do filho

“Tudo bem, eu respeito, mas acho uma pena para a criança que não tem nada a ver com isso. Eu, como mãe, ia amar receber as coisas, independente de ter dinheiro ou não. A minha filha poder receber um presente e eu não aceitar mostra uma insensibilidade tão grande da minha parte… Um ego bobo, orgulho desnecessário… Não tem a ver com eu ter ou não dinheiro. Mas desculpa, PA, se você se sentiu ofendido. Nunca imaginei. Eu, como mãe, jamais me ofenderia. Fico muito feliz quando dão coisas para a minha filha e tenho muito dinheiro, dinheiro para tudo aquilo e dez vezes mais. Mas quando recebo, recebo com gratidão. Não vou parar de te seguir, porque continuo te admirando. Não tenho a mínima ideia do por que de você ter parado de me seguir. Estou com meu coração super em paz. cada um dá o que tem. Eu só tenho muito amor e gratidão para dar”, disparou a empresária.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.