Paulo Cupertino nega ter matado o ator Rafael Miguel e família

 

Paulo Cupertino, desaparecido desde 9 de junho de 2019, quando matou Rafael Miguel e os pais dele por não aceitar o namoro da filha com o ator, foi preso em um hotel na zona sul da capital paulista.

++Theo Bial, filho de Giulia Gam e Pedro Bial, lança álbum de MPB, samba e bossa nova

Com aparência muito diferente da época, mais magro e com cabelo e cavanhaque coloridos, Paulo Cupertino não reagiu no momento da prisão.

++Ana Paula Henkel processa Globo e Casagrande com pedido de indenização de 100 mil reais. Entenda!

Na chegada ao prédio do Departamento de Homicídios de São Paulo (DHPP), afirmou ser inocente.

“Eu sou inocente. A minha filha me condena, mas vamos esperar a Justiça para saber a verdade. Olha minha filha ontem e olha hoje”.

O delegado-geral da Polícia Civil do Estado de SãoPaulo, Osvaldo Nico Gonçalves, contou que, durante o interrogatório, Cupertino afirmou que a filha tá muito mais feliz agora do que no tempo em que ela namorava com Rafael.

“Ele chegou a falar pra mim que está com a consciência tranquila porque a filha tava muito mais feliz agora do que antes”, declarou Nico.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.