Deolane Bezerra revela que ‘casa sem vizinhos’ é o seu maior objetivo. Saiba o porquê!

Não é de hoje que Deolane Bezerra, de 34 anos, fala sobre o preconceito que sofre pelos vizinhos de seu condomínio de luxo em Alphaville, em São Paulo. Segundo a advogada, são constantes as retaliações que sofre das pessoas que também moram no bairro luxuoso.

++Após trocas de farpas públicas, Mirella tenta reconciliação com irmã de Deolane Bezerra

Em entrevista ao Maurício Meirelles do programa “Foi Mau!”, da RedeTV!, exibido na noite desta última segunda-feira, 23, ela disse querer construir um condomínio para ela e sua família sem vizinhos.

++Dra Deolane Bezerra sobre advogar para facção: “Prefiro os grandes”

“Tenho vontade de fazer um condomínio só nosso no Alphaville para não ter vizinho”, declarou. Questionada sobre os motivos, ela desabafou: “Eu não gosto? Eles que não gostam de mim, mandam eu voltar para a favela toda hora. As pessoas acham que eu só tive dinheiro agora. Eu vivo bem desde os meus 25 anos. Como advogada eu comprei um apartamento, andava em um carro de R$ 500 mil, tinha meu escritório e mais duas casas de aluguel. Vou te falar que em um ano de publicidade eu ganhei o que eu ganhei a vida inteira advogando, mas eu já tinha dinheiro”.

Sobre eles, a advogada e influenciadora também revelou: “Só tem recalcado, de tornozeleira eletrônica pelo condomínio e ficam me criticando. Eu nunca faço festa em casa, quando faço é um churrasquinho. Se incomodaram porque eu postei uma conta que chegou a R$ 2.800. Eu morava em um apartamento, não é normal vir esse valor. E eu falei que era um absurdo e aí falaram: ‘Manda ela voltar para a favela e fazer gato’. Ah, tomar no c*”.

Vida de Influenciadora Digital 

Deolane Bezerra virou uma das maiores celebridades da internet de 2021 até hoje. Com números crescentes de influenciadores, a advogada passou a cobrar um alto valor em suas publicidades. Ainda, durante a entrevista, ela contou que ganha em 45 segundos de propaganda, o que levava um ano de processo para faturar.

Sobre o engajamento que gera aos seus patrocinadores, a influenciadora diz dar excelentes resultados a eles. “Acabei de travar um site de vendas e semana passada travei outro”, afirmou Deolane.

Sobre os seus processos, ela revelou que sente falta de advogar. “A vida de influencer é uma das coisas que me entristecem e às vezes eu me sinto muito fútil. Eu sinto falta de advogar”, finalizou.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.