Felipe Neto ironiza Gusttavo Lima sobre polêmica e críticas da Web: “Não aguentariam meia hora”

Polêmico, Felipe Neto usou suas redes sociais nesta terça, 31, para rebater o cantor sertanejo Gusttavo Lima sobre os cachês milionários que, supostamente, ele recebeu das prefeituras de algumas cidades do Brasil.

++Gabi Martins conta detalhes de seu envolvimento com Felipe Neto: “Foi um rolê aleatório”

Emocionado o cantor negou que receba dinheiro público e que seus impostos são pagos em dia. “Nunca me beneficiei de dinheiro público, empréstimo ou algo do tipo. Não compactuo com isso. Minha vida sempre foi trabalhar. Em 2019, fiz quase 300 shows. Pago todos os meus impostos em dia”, disse Gusttavo Lima em sua live.

++Felipe Neto detona jornalista no Twitter após críticas à torcida do Botafogo

Mas, Felipe Neto ironizou a fala do sertanejo, que já declarou ser apoiador do presidente Bolsonaro. “Estou há quatro anos sendo massacrado pela opinião pública, Anitta, Fábio Porchat, outros artistas. Fui acusado de ped**, corrupção de menores, polícia veio na minha casa a mando da família Bolsanaro”, começou Felipe.

“Aí um cantor sertanejo passa uma semana sendo atacado por se beneficiar de dinheiro público para fazer show e já faz live chorando, falando que vai desistir”, continuou.

Na legenda de seus posts, ele ainda adjetivou os seguidores de Bolsonaro, que atacaram ele ao longo dos anos. “Esses bolsonaristas não aguentariam meia hora se tivessem que enfrentar tudo que eu, Anitta, Porchat, Adnet, Luisa e tantos outros temos que enfrentar há quatro anos. E contra nós, eles só usavam mentiras”, escreveu.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.