Ex-bbb21 diz que reality show acabou com a vida de Arthur Aguiar

Em recente entrevista ao podcast “Noir”, Nego Di, 28 anos, afirmou que o “Big Brother Brasil” destrói as vidas dos famosos consagrados que entram para o confinamento do reality global. O humorista usou como exemplo o caso de Arthur Aguiar, 33, campeão da vigésima segunda edição. De acordo com o comediante, o ator e cantor continua sofrendo com ataques nas redes sociais graças ao programa.

++ Após anúncio de turnê, Arthur Aguiar é criticado nas redes sociais; Saiba mais!

Nego Di detona programa da Globo

Em um bate-papo que está disponível no YouTube, Nego Di avaliou que o programa da globo só fez sucesso até o ano passado, quando ele, Karol Conká, Lumena e Projota saíram “cancelados”: “O último grande reality show foi o nosso, a nossa edição [BBB21]. A Fazenda em seguida já foi ruim, o BBB deste ano foi ruim. Tem a dificuldade no elenco, artistas consagrados já não vão mais. O reality se tornou positivo para emissora, mas para quem está lá, é só ladeira abaixo“, opinou logo a princípio.

Segundo Nego Di o “Big Brother Brasil” acabou com a vida de Arthur Aguiar

Em seguida, o ex-BBB mencionou o nome do marido de Maíra Cardi como um exemplo: “Arthur ganhou e olha o hate [ódio] que o cara continua sofrendo. O reality está servindo para acabar com a vida do cara. Só é bom para o cara que é pipoca [anônimo], fica famoso e consegue ganhar alguma coisa.“, afirmou.

Dica para Boninho

Posteriormente, o ex-brother disse ainda que a direção do programa deveria se preocupar em por pessoas mas humildes, que realmente precisem estar ali, caso contrário, o programa não tem como mais dar certo: “[Nos próximos anos] Eles vão ter dificuldade com a seleção do elenco, as pessoas não querem ir. (…) O Boninho vai ter que colocar uns caras loucos, que não têm nada a perder. Acho que tem que botar pobre mesmo, porque os pipocas [anônimos], às vezes, têm mais dinheiro que os camarotes [famosos].“, disparou.

++Arthur Aguiar perde seguidores e desabafa: “Parem de só falar mal”

Por fim, ele completa: “Acho que eles têm que escolher uma galera mais rústica, tem que escolher um motoboy, um pedreiro, o cara que trabalha na padaria, no açougue, que fala errado e meter gente gorda lá dentro.“.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.