Rompimento com agente aponta que Luva de Pedreiro tem só R$7 mil em conta bancária. Entenda!

Nesta semana, uma polêmica envolvendo o influenciador Luva de Pedreiro e seus empresários, deram o que falar. Há meses, os internautas vêm questionando a condição financeira de Iran Ferreira.

++Luva de Pedreiro conhece Paris e motiva seguidores: ‘Nunca desistam dos seus sonhos”

Isso porque, apesar de o influenciador ter milhões de seguidores, suas publicações indicam que o seu padrão de vida não teve mudanças significativas.

++Influenciador de futebol mais famoso do momento, Luva de Pedreiro realiza sonho e conhece Neymar

Recentemente, Luva de Pedreiro trocou os gestores de sua carreira e cortou relações com o antigo empresário, Allan Jesus.

Os novos empresários afirmaram que as duas contas bancárias do influenciador tiveram um giro de apenas R$ 7.500 neste ano de 2022.

Leo Dias, inclusive, relatou ter tido acesso aos extratos de Iran: “A coluna Leo Dias acaba de ter acesso aos extratos bancários de Iran Santana Alves, o Luva de Pedreiro e, na realidade, as duas contas bancárias contam apenas com um giro de R$ 7.500, porque de saldo não há praticamente nada”, declarou.

Ex-empresário rebate acusações

À coluna de Leo Dias, o ex-empresário de Iran Ferreira, Allan Jesus, se manifestou sobre as acusações.

“Nesse momento, eu prefiro falar pouco. Com o devido tempo e esclarecimento dos fatos, pretendo não só falar, como mostrar tudo. Livro aberto. A minha grande vantagem é que além de falar, eu posso mostrar de forma muito confortável tudo que fiz”, disse.

Além disso, a ASJ, empresa de Jesus, divulgou a seguinte nota:

“É com absoluta perplexidade e profundo lamento que a ASJ Consultoria, empresa com vasta expertise no segmento de marketing esportivo, recebe algumas notícias publicadas na imprensa – que infelizmente destacam informações levianas, apuradas de forma seletiva, sem compromisso algum com a verdade dos fatos. ASJ e Luva de Pedreiro, com uma trajetória de sucesso até aqui, possuem contrato com vigência até o ano de 2026. Se alguma das partes desejar efetivamente rescindir o contrato vigente, além de respeitar a forma acordada para tanto, deverá comunicar a outra oficialmente de sua decisão. Até o presente momento, a ASJ não recebeu qualquer comunicação formal e/ou notificação a respeito de eventual tentativa de rescisão do Luva de Pedreiro. A única coisa que temos são indícios espalhados pela internet e notícias que dariam conta de um suposto novo agenciamento, o que em tese poderia configurar quebra de exclusividade. De qualquer modo, instado a se manifestar ou demonstrar a regularidade de seus atos, a ASJ o fará com muita tranquilidade, abrindo a quem de direito todos os contratos, documentos, extratos e o que mais for necessário. Porfim, manifestamos nossa certeza e convicção de que a verdade, como sempre, prevalecerá.”

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.