Globo desmente ser responsável por filme que simula atentado ao Presidente Bolsonaro

Uma encenação de atentado contra o Presidente da República, Jair Bolsonaro, repercutiu muito nas redes sociais neste final de semana.

As imagens retratam o Presidente caído com manchas vermelhas, que seriam sangue, ao lado de uma moto.

Alguns apoiadores do Presidente cogitaram que a cena seria de uma produção da Rede Globo. O que foi negado pela emissora carioca através de nota:

“A Globo desmente que pertençam a produções suas – seja para canal aberto, canais fechados próprios ou Globoplay – vídeo e fotos que estão circulando nas redes sociais de gravação de obra ficcional mostrando um atentado ao presidente da República. A Globo não tem nenhuma série, novela ou programa com esse conteúdo. Segundo foi informada, a gravação seria de um filme do cineasta Ruy Guerra chamado ‘A Fúria’, que pretende fechar a trilogia iniciada com ‘Os Fuzis’, de 1964, e ‘A Queda’, de 1976. O Canal Brasil tem uma participação de apenas 3,61% nos direitos patrimoniais desse filme, mas jamais foi informado dessas cenas e, como é praxe em casos de cineastas consagrados, não supervisiona a produção. Embora tenha participação acionária no Canal Brasil, a Globo não interfere na gestão e nos conteúdos do canal.”