Aos 40 anos, Paolla Oliveira desabafa sobre cobrança de engravidar: “Nada a ver”

439

Neste último domingo (07/08), Paolla Oliveira concedeu uma entrevista à coluna de Mônica Bergamo no jornal “Folha de S.Paulo”, e na ocasião a atriz desabafou sobre como a sociedade cobra a mulh3r quando o assunto é maternidade. Além disso, a loira também falou sobre feminismo.

++ Paolla Oliveira fala sobre decisão de congelar óvulos: “Posso escolher a maternidade”

Paolla Oliveira desabafa sobre cobrança à respeito da maternidade

No bate-papo, Paolla disse que é contra essa cobrança de que mulher3es sejam mães, pois acredita que muitas, como ela, não acham que a gestação seja algo que necessariamente precisa acontecer em suas vidas: “Está errado isso.“, analisou logo a princípio a atriz de 40 anos.

Na sequência, a intérprete da dublê ‘Pat’ de “Cara e Coragem”, novela das sete da Globo, revelou que, ao longo dos anos, ouviu comentários de que é “menos feminina, amorosa ou afetuosa” por não expressar seu desejo de ser mãe. De início, Paolla contou que essas coisas até a deixaram magoada, mas que agora não a atingem mais: “Achei tudo isso uma balela. Ser afetuosa, amorosa e generosa não tem nada a ver com isso.“, pontuou.

Feminista

Há alguns anos, Paolla dizia que não era feminista, preferindo pelo termo “igualdade”. No entanto, com a maturidade isso mudou: “De lá para cá, eu consegui entender: não somos iguais, não seremos nunca.“, refletiu.

++ Paolla Oliveira defende Carmo Dalla Vecchia após ataque homofóbico

Por fim, de acordo com a namorada do cantor Diogo Nogueira, o feminismo soa para outras pessoas como agressivo e impaciente, pois as mulher3s, de fato, têm pressa: “Estão cansadas é como quando a gente fala um pouco sobre a questão do racismo.“, analisou.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.