Tudo que se sabe sobre o caso da menina de 11 anos que voltou a engravidar por abuso

Um ano após ter sido abusada e ter tido o direito ao aborto negado, uma menina de 11 anos, foi novamente vítima de abuso e está grávida pela segunda vez. A criança natural da zona rural de Teresina, no Piauí, deu à luz em setembro de 2021, depois de ter sofrido um abuso. Agora, está no terceiro mês de gestação.

Confira abaixo tudo o que já se sabe sobre o caso:

Primeira Gravidez

O primeiro crime cometido contra a garota aconteceu quando ela tinha apenas 10 anos. A criança sofreu abuso de seu primo, de 25 anos. Na época, sua mãe não autorizou o aborto, alegando riscos de morte na realização do procedimento.

Logo após ter o filho, a menina passou a enfrentar alguns traumas. Decidiu abandonar a escola e negou tratamento psicológico. Entrou em conflito com os pais e há um mês passou a viver em um abrigo. O bebê, por sua vez, tem sido cuidado pelo avô e está prestes a completar um ano de idade.

O que aconteceu com o abusador?

Pouco tempo depois de o caso se tornar público, o primo que abusou da garota foi assassinado. Segundo informações divulgadas, a família desconhece os motivos que levaram a morte do homem. O processo foi extinto.

++ Bianca nega ter ignorado Camila Cabello no palco do Rock In Rio: “Estava extremamente nervosa”

Segunda Gravidez

De acordo com o Conselho Tutelar, o abuso que provocou a segunda gravidez da menina teria acontecido entre junho de 2022. As informações iniciais são de que o crime teria sido cometido pelo tio da menina, irmão do pai. No entanto, há também uma versão de que o abuso foi realizado por um vizinho. Ainda não há confirmação.

A gravidez foi descoberta por profissionais do abrigo onde a menina vive. A conselheira tutelar Renata Bezerra, afirmou que a criança está muito abalada e sem dormir.

Ela irá interromper a nova gravidez?

O pai da garota defendeu que a menina fizesse um aborto legal, mas pela segunda vez, a mãe não autorizou. Por esse motivo, a interrupção da gravidez não foi realizada na maternidade Dona Evangelina Rosa. Até o momento, as informações são de que ela seguirá com a gestação.

++ Mistério: Rainha Elizabeth II escreveu carta que só poderá ler lida em 2085

Onde a garota está?

A menina foi levada de volta para a casa de seu pai, que assumiu a responsabilidade de cuidar dela. Ele segue com a guarda da filha e do neto.

O que diz a Polícia?

O processo foi aberto pelo Conselho Tutelar na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). O caso está sendo investigado e pessoas próximas deverão prestar depoimento nos próximos dias.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.