Assim como Shawn Mendes e Justin Bieber, Demi Lovato diz que turnê custa sua saúde mental: “Estou tão doente”

249

Nesta última terça-feira, 13, a cantora Demi Lovato usou suas redes sociais para desabafar sobre sua saúde mental. Assim como Shawn Mendes e Justin Bieber, que paralisaram suas turnês por problemas com a saúde mental, Demi Lovato também revelou dificuldades em prosseguir com a sua turnê ”Holy Fyck”, que teve estreia em 31 de agosto, em São Paulo.

++Demi Lovato confessa que se arrependeu de ter feito documentários sobre a sua vida: “Cansada de assistir”

Sua nova fase encara uma versão madura e Rock In Roll, mas não superou as expectativas de melhora de Demi Lovato, que sofreu uma overdose em 2018, que desencadeou três derrames e um ataque cardíaco, além de danos na visão como sequela.

++Demi Lovato diz em música que seu ex-namorado se aproveitou de sua idade na época do relacionamento

Preocupando os fãs, Demi escreveu em uma publicação em seus stories que está cansada, ainda que a sua turnê esteja só no início.  “Estou tão doente que nem consigo sair da cama. Essa próxima turnê será a minha última. Amo vocês e obrigada!”, disse.

Em seus documentários, Demi contou que começou a usar cocaína com apenas 17 anos e, aos 18, já havia passado pela reabilitação. Demi também sofre com bulimia, transtorno bipolar e depressão.

Em turnê pela América Latina com a ”Holy Fvck”, Demi passou pelo Brasil, Colombia e Argentina e no Chile. Depois, ela retorna aos EUA com shows previstos até 6 de novembro.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.