De acordo com site, Taylor Swift recusou cantar no Super Bowl 2023

Nesta última sexta-feira, 24, o site TMZ publicou que a cantora norte-americana Taylor Swift teria recusado cantar no Super Bowl 2023, durante o intervalo do jogo americano. Segundo a Revista Variety, havia uma possível negociação entre o evento e a cantora para uma apresentação épica.

++Taylor Swift libera título de música de seu próximo álbum “Midnights”. Veja qual!

Porém, o TMZ afirmou que Taylor Swift decidiu por recusar até que termine de regravar seus seis primeiros álbuns. Até o momento, ela já lançou “Fearless” e “Red”, enquanto ainda faltam “Taylor Swift”, “Speak Now”, “1989” e “Reputation”. Agora, o evento busca por uma outra artista feminina para a performance.

++É ela! Taylor Swift se torna a artista feminina mais ouvida no Spotify

A especulação sobre uma performance de Taylor no Super Bowl apareceu citaram que a NFL, liga de futebol americano responsável pela organização da final, postou no Twitter que o show tem agora um novo patrocinador, a Apple Music.

A mudança do patrocinador do show também pode ter sido uma dica. Desde 2013, a atração musical do evento tinha patrocínio da Pepsi. Taylor tem um contrato promocional com a Coca-Cola que a impede de participar de eventos promovendo a concorrente. Agora, com a entrada da Apple, a cantora não tem mais esse impeditivo.

Com a mudança de patrocinador do show, os fãs da loirinha pensaram que isto poderia ser uma dica. Taylor tem um contrato promocional vigente com a Coca-Cola que a impede de participar de festivais e eventos promovendo a concorrente. Sendo assim, com a mudança de patrocinador, a cantora não tem mais esse impedititivo.

Em uma postagem, a meia-noite, foi o que chamou atenção dos swifities. “Meia-noite” é o nome do novo disco e single da cantora: “Midnight”, a ser lançado em 21 de outubro.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.