PL tem R$13,6 milhões bloqueados pelo TSE

3

Nesta terça-feira (29) foi revelado que o PL (Partido Liberal), legenda do atual presidente Jair Bolsonaro, teve 13,6 milhões de reais bloqueados pelo Tribunal Superior Eleitoral. De acordo com informações do “Metrópoles”, essa era a quantia que estava disponível na conta do partido, que terá que pagar uma multa de 22,9 milhões reais.

++Incêndio devasta estúdios da Rede Globo no Rio de Janeiro

Essa multa veio após o PL ser condenado por litigância de má-fé, pelo presidente do TSE, Alexandre de Moraes. A legenda apresentou recentemente um relatório questionando os resultados das urnas usadas no segundo turno das eleições. O documento pedia anulação dos votos após colocar em dúvida o sistema eleitoral brasileiro.

++Coincidências sobre morte de Guilherme de Pádua chocam a web

O partido está com sua conta no Banco do Brasil bloqueada desde da semana passada. Alexandre de Moraes tinha determinado que as legendas que apoiaram o PL nesta ação também deveriam pagar o valor da multa, eram elas: PP e Republicanos. Ambos recorreram a decisão, alegando que não foram consultados pelo PL a respeito do relatório que questionava as urnas. A coligação do presidente Bolsonaro terá que arcar com o valor milionário sozinho.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.