“Errado chamar de artistas”, diz Emílio Dantas sobre atores bolsonaristas

438

Neste último domingo (15/01) a “Folha de S.Paulo” publicou uma entrevista com Emílio Dantas; em um bate-papo com a colunista Mônica Bergamo, o ator que está prestes a voltar para televisão como o vilão ‘Theo’, da novela “Vai na Fé”, não segurou a língua e detonou Regina Duarte e outros atores que são a favor do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

++ Filha de Regina Duarte dá “unfollow” na mãe após apoio a atos em Brasília

Emílio Dantas denota artistas que votaram em Jair Bolsonaro

Na ocasião, Emílio não deixou de criticar os atores que votaram em Bolsonaro: “Acho errado chamá-los de artistas. Arte exige empatia.“, disparou logo a princípio. “Eles podem ser atores, atrizes, apresentadores, empresários, enfim. Podem ser setorizados. Agora, artistas? Não tem como. É completamente inviável um artista concordar com qualquer coisa que tenha vindo desse tipo de ideologia. Isso não tem a ver com arte.“, continuou.

Emílio Dantas critica Regina Duarte

Para mim é muito nítido que essas pessoas têm questões próprias. Elas colocaram essa paixão [por Bolsonaro] e essa veemência na política porque são impulsionadas por frustrações, por questões muito íntimas.“, disse em seguida. E disparou contra Regina Duarte: “No caso da Regina, [Duarte] acho que é uma questão de orgulho, de não querer admitir que errou. A passagem pela secretaria da Cultura foi uma derrota na carreira dela. O ponto de vista dela é completamente equivocado, e ela continua defendendo. O que falta para a Regina enxergar a realidade? O Bolsonaro arrancar o braço de alguém?“, provocou.

++ Miguel Falabella detona Cássia Kis: “Lado monstruoso, desumano”

“Completamente de esquerda”

Por fim, Dantas criticou o governo de Bolsonaro: “Os anos de Bolsonaro [no governo] foram tenebrosos. Não existem palavras para explicar o que aconteceu“, falou. O famoso chegou a emagrecer 12 quilos trancado em casa durante a crise de Covid-19: “Juntou tudo, pandemia e política. Eu fiquei muito triste.“, desabafou ele que também afirmou que hoje se entende como “completamente de esquerda”.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.