Ex-presidente Jair Bolsonaro pode ficar inelegível

345

Nesta terça-feira (14) o Tribunal Superior Eleitoral, irá decidir se o ex-presidente Jair Bolsonaro poderá se candidatar nas próximas eleições. Existe uma ação contra o antigo chefe de estado, devido a documentos apreendidos numa investigação da Polícia Federal na casa do ex-ministro da justiça, Anderson Torres.

++Entenda a relação de Lula com ditadores ao redor do mundo

Nesses papéis constam um rascunho que apresentava uma possível intervenção no TSE, o chamado “estado de defesa”, com o intuito de cancelar o resultado das eleições de 2022. A minuta para adicionar o nome de Jair Bolsonaro no processo foi feita pelo PDT. O partido também acusa o ex-presidente de abuso de poder, uso indevido dos meios de comunicação por convocar uma reunião com embaixadores estrangeiros para questionar a confiabilidade das urnas eletrônicas.

Benedito Gonçalves, corregedor do TSE, aceitou o pedido do PDT sobre a investigação e adicionou a minuta no processo. A defesa do ex-presidente Jair Bolsonaro entrou com um recurso, alegando que o documento não é válido.

++Lula afirma que governo prepara projeto para regular mídias sociais

Se o ex-chefe de estado for condenado, ele não estará apto para concorrer a presidência em 2026, e perderá seus direitos políticos pelo prazo de 8 anos. A situação tem chamado atenção do público.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.