Leo Picon revela que não manda fotos íntimas: “um pouco traumatizado”

206

Em entrevista recente com Luciana Gimenez no podcast ‘Bagaceira Chique’, Leo Picon relembrou os assédios que sofreu na adolescência. Ele contou que foi sondado por pedófilos quando tinha apenas 13 anos, e começou a fama de “Colírio da Capricho”.

++Khloe Kardashian admite culpa por ter utilizado barriga de aluguel

No programa, Leo falou sobre a sua carreira com os negócios e sobre seus relacionamentos com os fãs e com affairs. Ao ser questionado se mandava fotos íntimas para as ficantes, Picon revelou que isso não faz parte do seu comportamento. “Não mando. Sou um pouco traumatizado porque, quando eu era pequeno e era ‘Colírio’, eu fui sondado por pedófilos. Eles tentaram, mas eu já era muito ligeiro”, revelou o empresário.

++Selena Gomez marca presença na turnê de Beyoncé

O influenciador também contou que ainda sofre assédio. “Eu sou assediado direto. Colocam a mão nas minhas partes íntimas. (…) É muito doido porque isso é errado, mas está muito distante de eu querer comparar esse assédio com qualquer assédio que mulheres venham a sofrer dos homens, porque mesmo que o ato seja similar, são posições diferentes”, comentou.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.