Seu Jorge consegue registrar filho como Samba e comemora: “É uma felicidade muito grande”

165

Seu Jorge, enfim, conseguiu registrar seu filho com o nome Samba. Ao acionar o cartório de registro civil, o cantor não havia obtido êxito no registro por se tratar de um ritmo musical e que, na interpretação do cartório, poderia ser pejorativo para a criança.

++Solange Gomes cola dente com super bonder

Em nota oficial, a Arpen/SP (Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo) confirmou a informação: “Diante das razões apresentadas, que envolvem a preservação de vínculos africanos e de restauração cultural com suas origens, assim como o estudo de caso que mostrou a existência deste nome em outros países, formei meu convencimento pelo registro do nome escolhido, que foi lavrado no dia de hoje”.

++Rússia: Saiba detalhes do embate de Putin com o grupo de mercenários ‘Wagner’

A autorização através da Arpen/SP foi baseada nos argumentos do advogado do artista que afirmaram que o nome visa a “preservação de vínculos africanos e de restauração cultural com suas origens”.

Em entrevista ao Portal Splash, Seu Jorge celebrou o momento: “Alegria que esse rapaz é o primeiro brasileiro Samba nesse país. Não é o primeiro samba brasileiro, mas é o primeiro Samba. É uma felicidade muito grande”.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.