Angélica desabafa sobre caso de assédio na TV quando era criança

117

Angélica, que completou 50 anos na última quinta-feira (50), estreou na TV brasileira quando tinha 12 anos de idade. Em seu programa Angélica: 50 e Tanto, da Globoplay, a apresentadora revelou ter sofrido assédio de um homem importante no meio artístico quando ainda era uma criança.

“Foi bem nessa época que o homem pedia para eu sentar no colo dele nos bastidores da TV. Ele era um adulto e, eu, uma criança. E eu fazia tudo sem entender. Hoje eu entendo”, relatou a esposa de Luciano Huck.

Ainda, o homem teria dito para a famosa adotar o nome Lolita. A inspiração era de uma personagem-título do livro de Vladimir Nabokov. Na história, uma garota é s3xu4liz4ada pelo próprio padrasto.

++Deborah Secco relembra perrengue em gravações de novela: “Corpo ardendo”

“Sou Angélica por um triz. Quando eu ia estrear na TV, um homem muito poderoso achava que meu nome artístico tinha que ser Lolita, que nem a menina do livro”, recordou Angélica. No programa em comemoração ao seu aniversário, a comunicadora recebeu diversos artistas, como as amigas Eliana e Maria da Graça. A atração também foi exibida no Fantástico (Globo) e canal GNT.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também  no Instagram para mais notícias do PaiPee.