Cissa Guimarães desabafa ao lembrar da morte do filho: “Nunca vou ser 100% feliz”

108

Cissa Guimarães desabafou durante o programa Sem Censura, em que apresenta na TV Brasil, sobre a morte do filho caçula, Rafael Mascarenhas. O jovem foi atropelado em 2010 no Túnel Acústico, no Rio de Janeiro.

++Marcos Oliveira, intérprete de Beiçola, surge de cadeira de rodas

“Eu criei uma realidade para mim. Eu não perdi o meu filho. Eu só ganhei. O tempo todo. Não perdi nada. Só ganhei 18 anos do meu filho aqui nesse plano. Desse sagrado amor que eu só posso agradecer, que se ele não tivesse vindo ao mundo eu não saberia como era. Eu sou uma pessoa muito abençoada. E ele era o Rafael Mascarenhas, um anjo de luz. E que eu fui o ventre que trouxe a ele. Só posso agradecer”, disse a famosa.

++6 famosos que receberam diagnóstico de Paralisia

De acordo com Cissa Guimarães, perder um filho é algo incomparável: “É a pior dor do mundo. Não gosto da palavra superação, nunca vou superar. Nunca vou ser 100% feliz. Não dá. Vou à luta para ser 70%, 80% feliz. 100% não dá. Tenho dias que vem uma saudade imensa e uma dor. Eu dei a vida a uma pessoa e ele me transformou na pessoa que sou hoje.”

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.