Ex-marido de Preta Gil faz desabafo e pede perdão

63

Nesta última segunda-feira (08/04), Rodrigo Godoy, de 35 anos, fez um desabafo e expôs que está com dificuldade de seguir sua vida desde o conturbado fim do seu casamento com Preta Gil, 49. Vale lembrar que o relacionamento dos dois chegou ao fim durante o tratamento de câncer da cantora. Na época, o personal trainer traiu a artista com uma funcionária dela.

++ Preta Gil explica decisão de pedir divórcio: “Não merecia passar por isso”

“Consigo entender pessoas que tentam contra a própria vida”, desabafa Rodrigo Godoy

Através de um vídeo publicado no feed do Instagram pessoal, Rodrigo falou, em um trecho, que toda a experiência que está vivendo o fez entender o poder das redes sociais: “A internet não é um problema, o problema são seus juízes, os implacáveis juízes de plantão da internet, que estão ali do outro lado e não faz a ideia do quanto eles estão causando. […]. Hoje eu consigo entender completamente as pessoas que passam por coisas pesadas e tentam contra a própria vida. É terrível. A internet tem um poder absurdo que as pessoas deveriam usar um pouco mais de cuidado, um pouco mais de cautela, sim.“, declarou.

Após traição, ex-marido de Preta Gil surpreende ao pedir perdão

Em seguida, Godoy falou que sabe que não pode voltar no tempo, mas quer tentar amenizar as dores que causou à Preta: “Infelizmente o tempo não anda para trás para que eu consiga viver um momento já vivido e viver de uma forma diferente, de uma forma que eu acredito hoje como deveria ser, como deveria ter sido. Uma forma mais honesta, mais justa. Não adianta eu vir aqui gravar esse vídeo, pedir desculpa, pedir perdão, me arrepender, não vai fazer voltar o tempo voltar e mudar o que eu vivi, mas eu estou aqui para tentar amenizar alguma coisa e dores causadas“.

++ “A gente arruma outro”, dispara Preta Gil após se separar de Rodrigo Godoy

“Eu sou muito grato à Preta”, diz Rodrigo

Na sequência, Rodrigo agradece Preta: “Eu sou muito grato à Preta, por todos esses anos de relacionamento, por tudo que nós vivemos, somamos e dividimos emocionalmente. […].” E finaliza pedindo desculpas: “Eu preciso dar continuidade à minha vida e não é justo que eu seja crucificado, apedrejado, perseguido pelo resto da minha existência como se eu não tivesse direito de reconstruir minha vida. […] Não estou aqui para arrumar confusão, não estou aqui para brigar com ninguém. Isso aqui não é justificativa de nada, só é um pedido publicamente de desculpa, de perdão, em busca de paz.“.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook  , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.