Nanda Costa relembra época em que se assumiu: “Sofrido”

32

Na manhã desta quinta-feira (11/04), o jornal “Extra” publicou uma entrevista com Nanda Costa, de 37 anos. Na ocasião, a atriz falou sobre diversos assuntos, dentre eles trabalho e vida pessoal. Ela desabafou ao relembrar da época em que se assumiu e o parto complicado das filhas.

++ Nanda Costa relembra namoro falso com ator para esconder ser LGBT: “Tinha medo”

Nanda Costa fala da época em que assumiu: “Foi libertador”

Mesmo ciente de sua orientação desde a adolescência, Nanda só falou abertamente sobre ser uma pessoa bi em 2018. Na época, inclusive, ela foi alvo de mensagens de ódio. Porém, segundo a famosa, isso não a machucou: “Não foi nada. O mais sofrido pra mim era ficar calada. Depois que eu falei, foi libertador. Esses ataques já não me atingiam mais porque eu estava livre.“, afirmou ela que ainda acrescentou que hoje ela recebe muito apoio e carinho dos fãs: “Hoje, recebo mais amor. Como diria Erasmo Carlos (na música “Gente aberta”), eu não quero mais conversa com quem não tem amor. Então, não dou nem ouvidos.“, explicou.

Mãe de gêmeas, atriz fala sobre maternidade: “Mexe com a autoestima”

Há 10 anos em um relacionamento com Lan Lanh, Nanda e a percussionista são mães das gêmeas Kim e Tiê, de 2 anos e meio. Sobre a maternidade, a famosa disse: “Sem a Lan, eu não toparia ter sido mãe. A maternidade mexe muito com a autoestima, mas tem dado certo.“, enfatizou.

++ “Anos no armário esperando meu príncipe”, relembra Nanda Costa ao falar sobre orientação

Parto delicado

Na sequência, Costa disse que se deu conta de que ser mãe era mais difícil do que imaginava quando ela teve pré-eclâmpsia (aumento da pressão arterial durante a gravidez). Aliás, foi por isso que o parto teve que ser antecipado, e uma das gêmeas precisou ficar internada após o nascimento para ganhar peso: “Por mais que se romantize, você só vai entender a realidade quando se torna mãe. Nenhum filho é igual ao outro. Posso falar porque eu tenho gêmeas, e mesmo com o mapa astral idêntico, elas são completamente diferentes. Tento ser a melhor mãe que posso para as duas, mas elas têm demandas diferentes. Até por tudo que aconteceu: o parto mais delicado. Ali já começou a maternidade real pra mim.“, pontuou.

Conteúdo de fact-checking do PaiPee.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.