Governo Milei promete que vai expulsar estrangeiros que cometerem crimes na Argentina

46

O governo Milei afirmou que irá expulsar imediatamente estrangeiros que cometam crimes na Argentina, disse o porta-voz da presidência Manuel Adorni nesta terça-feira (23).

++ Acusado de beber e dirigir, homem é absolvido por ter síndrome da ‘autocervejaria’

“Estamos trabalhando intensamente sob instrução do presidente Javier Milei para que todas as pessoas estrangeiras que cometam crimes na Argentina sejam expulsas imediatamente do país. Isso é uma obviedade, mas evidentemente a política não tem se ocupado disso nos últimos tempos”, disse Adorni.

Assim, Adorni não deu mais detalhes sobre como serão feitas as expulsões ou quando elas teriam início.

Vale lembrar que em janeiro, a ministra da Segurança argentina, Patricia Bullrich, havia pedido que a Justiça expulsasse do país os estrangeiros que cometessem crimes. 

++ ‘Lua Cheia Rosa’ poderá ser vista no Brasil

Com isso, a ministra fez o apelo durante entrevista a uma rádio local, em que falava sobre uma operação de reintegração de posse de um terreno na província de Santa Fé, que resultou em cinco mortos, e sobre a violência em demais cidades do país, como Rosário e Buenos Aires.

“Em caso de pessoas que usurpam terrenos, que sejam estrangeiros e que não tenham domicílio permanente na Argentina, a Justiça deveria expulsá-los do país de maneira imediata. Creio que essa é uma medida corretiva que tem que ser adotada de maneira imediata. Os estrangeiros que vêm ao país roubar, matar e cometer outros crimes deveriam ser expulsos, a não ser que sejam nascidos na Argentina ou tenham residência permanente”, disse Bullrich.

Não deixe de curtir nossa página no Facebook , no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.