Comissão Eleitoral dos EUA estende prazo para Trump apresentar suas finanças pessoais

18

A Comissão Eleitoral Federal dos EUA concedeu nesta quarta-feira (8) ao candidato presidencial republicano Donald Trump uma extensão de 45 dias para apresentar divulgações financeiras pessoais.

++ 50% aprovam o trabalho de Lula e 47% desaprovam, mostra pesquisa

Com isso, Trump, que enfrenta multas e taxas judiciais significativas enquanto faz campanha antes das eleições presidenciais de 5 de novembro, deveria apresentar um relatório sobre sua situação financeira pessoal à Comissão Eleitoral Federal em 15 de maio.

Entretanto, um representante legal de Trump solicitou nesta quarta-feira (8) que a agência concedesse uma prorrogação ao candidato, citando “as complexidades de suas participações financeiras”, de acordo com uma cópia da carta divulgada pela agência. Uma segunda carta divulgada pela agência mostrou que ela atendeu ao pedido.

++ AstraZeneca encerra produção e distribuição da vacina contra a Covid-19 em todo o mundo

Agora, com a prorrogação, a divulgação financeira de Trump “deverá ser recebida pela Comissão Eleitoral Federal até 1º de julho”, disse Lisa Stevenson, advogada da agência, na carta.

Não deixe de curtir nossa página  no Facebook no Twitter e também no Instagram para mais notícias do PaiPee.